Quando a terra voltar
a brilhar verde para ti

Showcase and exhibition design for Museu da Cidade
Extensão do Romantismo

Altitudes e abismos, diferenças de temperatura, intensidades e forças criativas: a experiência romântica do mundo é, por condição, excessiva, visionária e elegíaca. A exposição, que toma como título um verso do poeta alemão Hölderlin, também usado pela dupla de cineastas Jean Marie Straub e Danièle Huillet para o seu filme sobre a morte do filósofo grego Empédocles, apresenta o Herbário de Júlio Dinis em diálogo com desenhos e esculturas de Rui Chafes, Ilda David’, Teixeira de Pascoaes, Manuel Rosa e Lourdes Castro; pinturas murais de José Almeida Pereira, realizadas a partir de obras de artistas ligados ao imaginário romântico; e composição sonora original de Jonathan Uliel Saldanha e Pedro Monteiro.
(From the  curatorial text)


In a reinacted palace from the XIXth century a series of showcases were designed to house 3 different  "herbariums", in dialogue with each other.
 
Curator: Nuno Faria
Exhibition Design: Ivo Poças Martins and Museu da Cidade
Extensão do Romantismo - Museu da Cidade

Exhibition photography by António Alves

Mobirise
Mobirise
Mobirise
Mobirise
Mobirise
Mobirise
Mobirise
Mobirise
Mobirise

This website was made with Mobirise website themes